terça-feira, 2 de novembro de 2010

FINADOS

FINADOS

Dia de rezar de modo especialíssimo pelos mortos. Podemos ter a tentação de ficar tristes. No fundo... não conseguimos aceitar esse evento, essa certeza absoluta que ninguém discute a que chamamos morte. Ainda é pensamento o qual preferimos “não só pôr para escanteio”, mas “expulsar de campo” do futebol da vida.
Em cada família um ente é só saudade, deveria ser conforme canta Roberto Carlos: “você é a saudade que eu gosto de ter”.
Devemos pedir a intercessão de Nossa Senhora no sentido de que envidemos esforços para acreditarmos na ressurreição.
A morte não é o fim é com ela que se nasce para a vida eterna. Jesus ressuscitou e vivo voltou ao seio da Santíssima Trindade, Nossa Senhora também foi para o céu (céu que não é um lugar, claro, mas o estar face a face com Deus).
A ressurreição de Cristo é certeza de que ressuscitaremos também; não estranho que meu leitor não goste de falar nem ouvir falar de morte, confesso que nem eu. Isso atesta que nossa fé é muito pouca. Olhando para Jesus, meditando todos os acontecimentos da vida Dele, deveríamos ser mais corajosos.
Que todos os santos que já gozam da presença de Deus, face a face, intercedam por aqueles que já morreram e que ainda não viram Deus, que possam merecer logo todo efeito da misericórdia do Pai.
Maria, mãe de Jesus, que por seu singular amor a Deus mereceste antes de todos os homens e mulheres do universo, a glória da assunção, subindo de corpo e alma ao céu, interceda por nós, faz-nos ver e aceitar plenamente, todos os desígnios de Deus, com certeza desígnios de amor e de misericórdia.

2 comentários:

  1. Parabéns por esta terra sem males. Por este espaço que te retrata, sem males. Por um trabalho contra todos os males.
    Um grande abraço.
    Rosa Mary

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo espaço conquistado, Marlusse!

    ResponderExcluir