sábado, 22 de janeiro de 2011

DEVOÇÃO ACESA

É sempre uma emoção grande evocar Nossa Senhora, cantando como RC cantava (ouvi dizer que essa ele não canta mais...): Cubra-me com seu manto de amor, guarde-me na paz desse olhar...

Pedimos, porque Jesus mesmo aconselhou: pedi e recebereis, mas é certo que Maria não espera que peçamos, ela nos precede, prevenindo as necessidades que temos. Foi assim em Caná da Galileia. Percebeu o constrangimento pelo qual iam passar os noivos com a falta do vinho e se antecipa aproximando-se do Filho ao qual avisa: eles não teem mais vinho...

Maria é verdadeiramente por vontade expressamente manifestada por Jesus nossa mãe e também por isto ela cuida de nós, qualquer que seja a nossa idade, o lugar onde estamos o tempo em que vivemos.

Em nossas casas, haja sempre um lugar para Maria. Que ela seja membro da família, partilhe de tudo quanto nos acontece. Seja a estrela que nos guia, o farol que ilumina nossas vidas, nosso pensar, nosso decidir e nosso agir.

Tenhamos particular atenção para as festas que lhe dizem respeito que a põem em evidência e sua figura singular nos convença sempre mais de que é o verdadeiro modelo para nossas vidas.

É dela a recomendação: rezai o terço todos os dias. É bom saber que existem pessoas que acordam mais cedo e se dirigem à Igreja para a reza do terço. Em Jardim da Penha, reza-se “O Terço na Praça”. Muitos terços são vistos em retrovisores de carros. É considerado como uma coisa boa, carregado no bolso ou na bolsa.

Que ao menos uma dezena seja desfiada por dia. E a bem da verdade, não tanto como deveria, mas é certo que a devoção está acesa.

Maria, Mãe de Deus e Mãe dos pobres, continue intercedendo por nós para que sejamos seus verdadeiros devotos e façamos sempre tudo aquilo que Jesus mandar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário