segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Mãe, quem dizes quem eu sou?

E Maria? O que Maria responderia a Jesus se Ele lhe perguntasse: e você Mãe, quem dizes que eu sou? E se Nossa Senhora respondesse: você? mas que pergunta, querido! Você é meu Filho, você é minha alegria, você é a razão de tudo em mim, você... e ficaria sem palavras, como se tivesse perdido o fôlego para continuar.
Seria uma resposta do lado humano de Maria, plenamente humana que era. Todavia, depois de ter de forma única gerado o Filho de Deus, tê-Lo carregado durante nove meses no seu ventre, era dela a carne que o formava, os ossos que o sustentavam, o sangue que lhe corria nas veias, depois ter-Lhe dado a luz, modo que o fez plenamente homem, é certo que terá adquirido dele uma expressão singular de sua divindade.
Maria não se tornou Deus como seu Filho, apesar de Ele se ter tornado gente como ela, por sua doação como mulher, através dos nutrientes dos quais se compõem toda vida humana quando está por vir a ser, não é possível que com uma tal metamorfose, o corpo que formou o corpo de Jesus, não tenha haurido do espírito que dava vida a esse corpo, algo de DIVINO que a plenificava e superava as deficiências do ser só humana e passível de todas as fraquezas.
Dai que o lado divino de Maria, a alma bem aventurada de Maria, aquela sua capacidade de perceber além das aparências faria com que respondesse como Pedro, tu és o Cristo, o Filho de Deus bendito, meu Deus, meu Senhor,acrescentando a quem responderei sempre sim a tudo que me disser, a tudo que me pedir, a tudo que me der. Até porque estou certa de que jamais me decepcionarei.
Quanto a nós, espelhemo-nos em Maria, grande e único modelo humano para as nossas vidas. E quando interpelados por Jesus no mesmo sentido, certamente será a mesma nossa resposta. Responderemos profundamente convencidas tu és o Cristo, o Filho de Deus bendito.

Um comentário:

  1. Parabéns, querida Marlusse, pela criação deste blogg; com certeza nos trará sempre textos edificantes e inspirados poemas. Virei visitá-lo sempre. Abraço da marilena

    ResponderExcluir