terça-feira, 5 de outubro de 2010

Por uma Terra sem males: nasce um blog literário


CARIDADE

Amo
a vida que vivo
o ar que respiro
o sol que aquece.

Amo o que faço,
o trabalho que me acalenta,
as fadigas que me proporciona,
amo até
a própria dificuldade
que me atormenta.

Amo
as pessoas com as quais convivo,
a família,
cada amigo,
amo pelo que são,
pelo que não são,
nunca foram,
nunca serão.

Amo,
porque creio,
porque espero,
porque anseio.

Amo
pela própria essência,
o Amor.
Amo sobretudo
e todos, Deus, meu Criador,
Senhor de tudo,
por ser Ele
o próprio amor.

Um comentário:

  1. Como sempre amo ler suas coisas, todos deviam ler e repensar um pouco mais sobre tudo. Gostaria de ler tudo que voce escreve. bjos Salhá

    ResponderExcluir